Metrópole Digital

Notícias

04 jan 2021/ ASCOM

Estudo de alunas do PES sobre Covid-19 recebe destaque na mídia

Uma pesquisa realizada por estudantes do Programa de Estudos Secundários (PES) em Bioinformática do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) recebeu destaque na mídia regional após descobrir que o perfil típico dos infectados por Covid-19 rejuvenesceu após o primeiro pico da epidemia no Estado.

Os resultados – publicados no portal do ONAS, com a colaboração da professora Luciana Lima, do Departamento de Demografia e Ciências Atuarias – foram pauta de jornais impressos (Tribuna do Norte), rádio (Rádio Universitária e 104FM) e televisão (TV Tropical e TV Ponta Negra).

O estudo foi elaborado pelas alunas Patrícia Sayonara e Júlia Ferreira, que também estão matriculadas no Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI), e recebeu a orientação do professor César Rennó-Costa. As análises contemplaram dados epidemiológicos disponibilizados pela Secretaria Estadual de Saúde do RN.

Repercussão

Segundo o professor Jorge Estefano, docente que ministra a disciplina Projeto em Bioinformática – cuja aprovação é o último passo para a obtenção da certificação do PES nesse assunto – “a repercussão desse estudo sobre a Covid-19 na mídia e a qualidade dos trabalhos desenvolvidos pelas alunas reflete o bom nível de formação do Programa de Estudos Secundários”.

Além disso, para o professor César Rennó-Costa, “outro indicativo do bom aproveitamento dos alunos é o elevado número de discentes do PES que posteriormente ingressam na pós-graduação em bioinformática”. O docente é vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Bioinformática (PPgBioinfo) do IMD.

Além da pesquisa, outros projetos desenvolvidos na disciplina incluíram o desenvolvimento de um aplicativo que permite que médicos consultem o impacto clínico ocasionado por mutações no genoma de tumores em câncer. O estudo foi realizado em colaboração com a Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer.

Outras ações desenvolvidas no âmbito da disciplina foi a análise de dados eletrofisiológicos de experimentos realizados no Instituto do Cérebro (ICE/UFRN) e um aplicativo que facilita o acesso à informação sobre a incidência de radiação Ultra Violeta (UV) no Estado potiguar – segundo dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Estudos Secundários

A porta de entrada para os alunos interessados em ingressar no PPgBioinfo é a disciplina Fundamentos de Bioinformática (ICE1024) do Programa de Estudos Secundários – iniciativa do IMD que oferece formações específicas em diferentes assuntos relacionados a tecnologia.

Neste semestre, a disciplina será oferecida pelo professor Sandro de Souza, um dos pioneiros na Bioinformática no Brasil e fundador do programa de Pós-Graduação em Bioinformática da UFRN.

O componente curricular contempla uma introdução aos conceitos básicos de Bioinformática e uma exposição, com pesquisadores da UFRN e de outras instituições, das diferentes áreas de atuação nesse campo do conhecimento.

Aos alunos matriculados para o próximo semestre do PES, serão disponibilizadas, no formato remoto, disciplinas de assuntos avançados como “Bioinformática Estrutural”, “Introdução ao R”, “Ferramentas de Análise de Sequências”, “Modelagem e Simulação Computacional”, entre outras. Além das disciplinas, os seminários em Bioinformática continuarão sendo realizados nas quartas-feiras.

Outras Notícias

21 dez 2020 por
ASCOM

Pesquisa aponta que perfil mais jovem de infectados traz riscos a idosos durante festas de fim de ano

Novo perfil majoritário é composto, principalmente, por pessoas de até 35 anos de idade


COVID-19 | PESQUISA
23 abr 2021 por
ASCOM

Pesquisadores do IMD fazem levantamento genético para auxiliar criação de medicamentos contra Sars-Cov-2

Publicado na Scientific Reports, catálogo reúne sequências de siRNAs capazes de inativar vírus


BIOINFORMÁTICA | PESQUISA