IMD | Instituto Metrópole Digital

Notícias

16 jul 2020/ ASCOM

Alunos do PPgITE desenvolvem conteúdo didático sobre tecnologias digitais para professores

Computadores, smartphones, softwares e sistemas de informação cada vez mais fazem parte das dinâmicas utilizadas no processo de ensino e aprendizagem em ambiente escolar.

 

Pensando nisso, alunos do Programa de Pós-Graduação em Inovação em Tecnologias Educacionais (PPgITE), do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), desenvolveram uma série de materiais sobre o uso das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDICs), ferramentas cujos dados são representados e transmitidos em ambiente digital.

 

Intitulado Metodologia de projetos - Uso seguro das TDICs, o material, elaborado neste mês, funciona como um guia para professores do Ensino Fundamental que estão ministrando aulas remotas, sobretudo docentes de Língua Portuguesa.

 

Disponível em grupo do Facebook, o guia possui uma proposta interdisciplinar e oferece sequências didáticas e planos de trabalho relacionados à área de Linguagens, congregando temas voltados ao uso seguro das tecnologias digitais dividido em quatro eixos: ética e cidadania, fake news, assédio sexual e cyberbullying.

 

Elaboração

 

Os conteúdos dispostos no guia são elaborados pelos próprios alunos do PPgTIE, que, em grande parte, também são professores ativos do ensino fundamental.

 

Somos uma equipe mista, que carrega bem a proposta do mestrado. Por causa desse perfil, conseguimos elaborar produtos para outros professores, e desenvolvemos todo esse processo por meio de atividades remotas, utilizando as TDICs. O que estamos fazendo é adaptar o desenvolvimento de software para o contexto da produção de materiais didáticos”, explica a mestranda Soraya Medeiros, uma das alunas envolvidas.

 

Equipe

 

A ideia de trabalhar as TDICs no contexto educacional surgiu, explica Soraya, como uma atividade avaliativa da disciplina “Fundamentos das Tecnologias Educacionais” e orientada pelos professores do IMD Apuena Vieira Gomes, Cibelle Amorim e Dennys Maia.

 

Os professores delimitaram o tema, ‘Tendências de inovação educacional: práticas ou produtos’. A partir disso, tivemos que pensar em uma proposta de atividade que contemplasse currículo, tendências, avaliação e habilidades a serem desenvolvidas”, completa a mestranda.

 

Além de Soraya, também fazem parte da equipe desenvolvedora do guia os alunos Amanda Taveres, Ednny Sales, Ely Ramos, Ivone Oliveira, Israel Domingos, Maria Clara Medeiros, Odair Soares e Patricia Andrade, todos discentes vinculados ao PPgTIE.

Outras Notícias

15 jul 2020 por
ASCOM

IMD discute retorno às aulas e promove debates sobre ensino remoto

Comissão formada por docentes, alunos e Setor Pedagógico discute metodologia de retorno às aulas


PROGRAMAÇÃO | BTI
17 jul 2020 por
ASCOM

Resolução do BTI modifica contabilização de carga horária para atividades complementares

Documento amplia a contagem de horas ao considerar atividades online durante a pandemia


UFRN | BTI